Ticker

6/recent/ticker-posts

Bolsonaro repete que é 'inadmissível' governadores serem contra reduzir ICMS



Agência Estado - O presidente Jair Bolsonaro voltou a criticar neste sábado, 2, os governadores da Região Nordeste por ingressarem com ação no Supremo Tribunal Federal (STF) contra a lei que fixa teto na cobrança do ICMS para os combustíveis.

"É inadmissível que os governadores da Região Nordeste entrem na Justiça contra a redução do ICMS. Os governadores da região que dizem ser a favor do povo", afirmou em discurso antes de motociata de seus apoiadores que ocorre em Salvador, Bahia.

Bolsonaro tem reiterado e intensificado as críticas aos governadores da região, que são contrários à limitação da alíquota do tributo em 17%, estabelecida pela lei sancionada no fim de junho pelo chefe do Executivo. Os Estados argumentam que o ICMS não é o vilão da alta dos combustíveis e avaliam que o teto vai provocar perda de arrecadação.

Ainda durante o discurso, o presidente afirmou a apoiadores que a redução de tributos fará do combustível vendido no Brasil "um dos mais baratos do mundo".

Pré-candidato ao governo da Bahia com apoio de Bolsonaro, João Roma (PL) voltou as críticas ao governador Rui Costa (PT). "Rui Costa, baixe o ICMS dos combustíveis", gritou em discurso ao lado do chefe do Executivo.

Na fala para apoiadores, Bolsonaro enfatizou que a crise econômica atinge o mundo inteiro. "Temos um presidente diferente do que vemos lá fora. Venceremos essa missão".

O presidente disse ainda que, "se preciso for, faremos tudo para que a nossa Constituição seja confirmada". Ele voltou a acenar para como a pátria, a liberdade e à família.