Letreiro móvel superior

8/recent/ticker-posts

Passando a borracha? Rodrigo Garcia se apresenta como governador de SP sem citar Doria


Correio Braziliense - O novo governador de São Paulo, Rodrigo Garcia (PSDB), divulgou nas redes neste domingo (3/4) um vídeo de apresentação no qual diz que governará para todo o espectro político e que "não entrou na vida pública para mudar a ideologia de ninguém".

Vice do ex-governador João Doria (PSDB), Garcia assumiu o cargo neste sábado (2/4) para Doria poder concorrer à presidência. O novo governador, porém, busca se distanciar do pré-candidato e não o menciona no vídeo divulgado, afirmando apenas que "trabalhou com cinco governadores diferentes".

"Eu sei que você não votou em mim para ser governador, mas eu vou me esforçar para ser o governador que todo paulista merece ter. Seja você de direita, de centro ou de esquerda, porque eu não entrei na vida pública para mudar a ideologia de ninguém", afirma.

Garcia disputará as eleições para o Governo de São Paulo ainda em 2022. Ele foi um dos principais fatores na crise pela qual o PSDB passo na semana passada, quando Doria ameaçou desistir de concorrer ao Planalto e permanecer no cargo de governador. A presença de Doria no governo prejudicaria a campanha de Garcia.

"É provável que você nem me conheça, e eu acho isso normal. Estou há mais de 26 anos na administração pública aqui no nosso estado, e aprendi nesse tempo que quem tem que aparecer é a obra, e não quem fez. Eu nasci no interior, entre o campo e a cidade", afirma o novo governador no vídeo.

Em suas redes sociais, Garcia já assume um tom de campanha. Ele começou o primeiro dia como governador tomando café no Bom Prato em Paraisópolis, bairro de São Paulo.

"Esse Bom Prato é muito especial, inaugurei há 10 anos quando era secretário de Desenvolvimento Social do Estado. O meu propósito na vida pública é trabalhar sempre pra diminuir as desigualdades, pra fazer de São Paulo um lugar mais justo e integrado", disse Rodrigo Garcia em seu Twitter.

"Fiz questão de começar meu primeiro dia como governador de São Paulo tomando café da manhã no Bom Prato em Paraisópolis, por um motivo simples: a vida não está fácil pra muita gente, e o papel do @governosp é criar condições e oportunidades pra que a vida das pessoas aconteça."