A advocacia clama por mudança - Por Francisco Santana




As afirmações trazidas em debates recentes em se tratando das eleições da OAB em nosso estado trouxeram vários desejos, dentre eles: MUDANÇA!

O clamor dos vários advogados principalmente aqueles que militam no interior, se faz regozijar e toma conta do sertão até chegar à capital. Porém, dentre as maiores demandas trazidas nos recentes debates está o tratamento igualitário entre advogados que atuam no grande Recife e os advogados que atuam no interior.

Sem sombra de dúvidas os discursos recentes abordados pela chapa de situação demonstram um total despreparo para assumir o cargo, afinal, sou do interior, advogo no interior do estado de Pernambuco, mas não vejo esse tratamento igualitário que vem sendo ecoado pela chapa de situação.

O que tenho visto no interior, são advogados abandonados pelo gestor presidente da OAB/PE, fóruns sem estrutura, comarcas que foram desativadas, mas qual a efetiva atuação do órgão que nos representa? Apenas cartas de repúdio? Apenas meras palavras bonitas?

ATITUDE É O QUE INTERESSA, E ISSO TEM FALTADO NA ATUAL GESTÃO, que já está a 15 anos no poder e faz apenas as trocas de cadeiras.

Precisamos estar mais amparados, precisamos de uma renovação nos quadros da ordem, É HORA DE RENOVAR! Reafirmo meu compromisso com a Renovação. Advogados militantes que sentem o desejo que vem aflorando na OAB, é hora de mudarmos, mudarmos para melhor.

Por isso no dia 16 de novembro, voto Dr.ª Raissa Braga, voto Dr.ª Fernanda Resende, voto Dr. Almir Reis! É 10!

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem