Cortês | Após denúncias de Eduardo Farias, TCE determina suspensão de licitações e emite alerta de Responsabilização ao prefeito Reginaldo Morais



Ismael Alves
(81) 99139-7305



O Tribunal de Contas de Pernambuco (TCE-PE), através de Medida Cautelar expedida pelo Conselheiro Carlos Neves, determinou, na última Quarta-feira, 20, a suspensão de processos licitatórios da Prefeitura Municipal de Cortês, Mata Sul, além da emissão de Alerta de Responsabilização ao Prefeito Reginaldo Morais (PP). 

A decisão do Conselheiro, que é relator do Processo n° 2053126-6, ocorre após denúncias apresentadas pelo vice-prefeito Eduardo Farias (PSB). Entre os atos denunciados estão possíveis  irregularidades em licitações do Município, além da ausência de informações da movimentação orçamentária e financeira no Portal da Transparência da Prefeitura.

De acordo com documento do TCE, o Conselheiro Carlos Neves determina a suspensão dos processos de licitação de n° 003, 005, 008 e 010, todos de 2020.  Já os processos licitatórios de n° 008, 007 e 009 passarão por auditoria.

Clique na imagem e leia o relatório completo do TCE:




Fake News em Cortês - A polícia especializada em investigação de crimes cibernéticos está apurando a origem de fake news que  circularam em grupos de conversa, Quinta-feira, 21, tendo como  alvo dos ataques o vice-prefeito Eduardo Farias. As  autoridades já se debruçam para identificar e punir os responsáveis. 






Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem