Pernambuco inteiro acessa! Fone/Whatsapp: (81) 99139-7305 • politicanoforno@gmail.com A mulher que derrubou um império de 16 anos do PSB em Pernambuco - Por Ismael Alves

A mulher que derrubou um império de 16 anos do PSB em Pernambuco - Por Ismael Alves



Ismael Alves - Pernambuco decidiu mudar os rumos da política nas eleições deste ano, ocasião na qual elegeu Raquel Lyra (PSDB) para administrar o estado pelos próximos quatro anos. 

A ascenção de Raquel não aconteceu do dia para noite como alguém que é imbuído da vantagem de uma indicação política de outrém que já goza da força ou da influência da máquina pública, mas tem a característica de quem percorreu uma jornada própria e exitosa até chegar ao posto mais importante de Pernambuco e entrar para a história como a primeira mulher eleita para o cargo no estado.

Ao longo da vida, sua trajetória lhe rendeu o acúmulo de experiências, inclusive administrativas, que soam como a garantia de que Pernambuco não será submetido a uma aventura política. Advogada com pós-graduação em Direito Econômico e de empresas, Raquel foi delegada da Polícia Federal de 2002 a 2005, ano em que também foi aprovada para a Procuradoria Geral do Estado. Entre 2007 e 2010, foi Chefe da Procuradoria de Apoio Jurídico e Legislativo do Governo Eduardo Campos.

Em 2010, Raquel Lyra conquistou seu primeiro mandato como deputada estadual, vindo a ser reeleita em 2014, sendo a 3ª mais votada no pleito eleitoral daquele ano. Em 2016, disputou a prefeitura de Caruaru, Agreste, e foi a primeira mulher eleita para o cargo no município. Em 2020, conquistou a reeleição com uma vitória esmagadora sobre todos os adversários. Nas eleições deste ano, Raquel venceu a disputa pelo comando do governo de Pernambuco, aos 43 anos, tendo como vice-governadora a deputada estadual Priscila Krause (PSDB). O resultado das urnas derrubou um império de 16 anos do PSB.

 Raquel é filha do ex-governador João Lyra Neto e Priscila é filha do também ex-governador Gustavo Krause. 

Postar um comentário

0 Comentários