Cortês | Sindicato diz que prefeitura quer reajustar alíquota previdenciária de 11% para 14%; gestão se manifesta sobre o assunto




Ismael Alves
politicanoforno@gmail.com
(81) 99139-7305


O presidente do Sindicato dos Servidores Públicos de Cortês (SINSMUC) Enilson Quintino, tem feito alarde diante do possível reajuste, segundo ele, de 3% na alíquota de contribuição previdenciária do CortêsPrev, que poderá ser elevada de 11% para 14%.

De acordo com o sindicalista, a prefeitura pretende ampliar a contribuição obrigatória dos servidores, o que não será aceito pelo SINSMUC, adiantou. Ao editor deste blog, Enilson afirmou que "o sindicato é contra qualquer tipo de aumento" e demostrou disposição em partir para um confronto judicial, caso seja necessário. "Eles criaram [o CortêsPrev], eles se virem ou ganhem na Justiça", afirmou.

A Prefeitura

Ao ser consultada sobre o assunto, a gestão municipal respondeu ao blog, por meio da assessoria de comunicação, informando que haverá uma reunião sobre o CortêsPrev, na próxima quinta-feira, 17, com o intuito de expor resultado de auditoria feita na autarquia. 

Ainda de acordo com a nota, a prefeita Fátima Borba (Republicanos) irá se posicionar de acordo com o que for exposto pela auditoria. O comunicado também destaca a "realização de um estudo da proposta de alíquota baseada na Emenda Constitucional 103 de novembro de 2019". 

Confira na íntegra:

A Assessoria de Comunicação da Prefeitura Municipal de Cortês, entrou em contato com a Prefeita Fátima Borba e com o Presidente do CORTÊSPREV Marton Ferreira, referente à informação proveniente do Sindicato dos Trabalhadores de Cortês, ao Blog Política no Forno, sobre o suposto aumento do desconto dos servidores para 14%.  

A Prefeita Fátima Borba informou que haverá uma reunião com o Presidente do CORTÊSPREV e toda sua equipe técnica, na próxima quinta-feira (17), para apresentação da auditoria, posteriormente a gestora irá se posicionar de acordo com o que for apresentado, analisando as medidas que serão aplicadas e a realização de um estudo da proposta de alíquota,  baseado na Emenda Constitucional 103 de novembro de 2019. Em seguida, em respeito e transparência aos servidores, haverá uma live para a apresentação dos resultados.  
Qualquer informação contrária é meramente especulativa e desrespeitosa com a Gestão Municipal e com os Servidores Públicos ativos e inativos. 

Assessoria de Comunicação. 
Prefeitura Municipal de Cortês.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem