Vídeo | Com arma na mão, empresário faz vídeo em tom ameaçador contra Lula e deputados do PT acionam Ministério Público



Ismael Alves
politicanoforno@gmail.com
(81) 99139-7305


O PT apresentou um pedido ao Ministério Público de São Paulo pedindo a abertura de um inquérito para investigar o empresário José Sabatini, morador de Artur Nogueira (SP), após a publicação de um vídeo em que Sabatini aparece ameaçando o ex-presidente Lula (PT).



"Pessoal, Lula seu filho da puta, quero dar um recado pra você, tá. Hoje é sábado, dia 13 de março, presta atenção no recado que eu quero dar pra você, seu vagabundo. Se você não devolver os R$ 84 bilhões que você roubou do fundo de pensão dos trabalhador, você vai ter problema, hein, cara, você vai ter problema. Outro recado, não tenta transformar o meu país numa Venezuela, eu vou derramar meu sangue, mas eu vou lutar pelo meu país. Não tenta, viu, tá entendendo o recado? Eu tô sendo claro com você? A minha parte eu vou fazer. Não admitirei você transformar o meu país numa Venezuela. Você vai ter problema, hein, cara. Valeu?!", conclui. 

No momento da gravação, o empresário estava praticando tiro ao alvo. 


Os deputados Paulo Teixeira,  Gleisi Hoffmann e Rui Falcão, do PT, pedem que Sabatini seja investigado pela possível prática de ameaça, incitação ao crime, calúnia, porte ilegal de arma de fogo de uso permitido e disparo de arma de fogo.




--Publicidade--



Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem