População de Gravatá fica sem o peixe da Semana; prefeitura diz que é para evitar aglomeração



Ismael Alves
politicanoforno@gmail.com
(81) 99139-7305


A Prefeitura de Gravatá, Agreste, não fará a tradicional entrega do peixe da Semana Santa. A informação foi confirmada por meio de nota publicada nas redes sociais, nesta quarta-feira, 30. 

De acordo com o informativo da prefeitura, a suspensão na distribuição do alimento ocorre como medida para evitar aglomeração por conta do coronavirus. 

A nota ainda cita o Decreto Governamental n° 50.433 de 15 de março deste ano como uma das justificativas, entretanto, nesta quarta-feira o Governo Estadual confirmou o novo plano de convivência com a pandemia, que passará a vigorar a partir do dia 01 de abril, flexibilizando as restrições impostas pela quarentena. 

A nota da prefeitura diz que "o Município de Gravatá tem pautado ações em conformidade com a real necessidade dos munícipes, de acordo com o bem comum e o interesse público". 

Em direção oposta à Prefeitura de Gravatá, diversos municípios já confirmaram a distribuição do pescado, o que fará a diferença na mesa de muita gente que já enfrenta dificuldade na aquisição de alimentos em virtude das consequências da pandemia. Atualmente, Gravatá é administrada pelo socialista Joselito Gomes (PSB), aliado do governador Paulo Câmara, do mesmo partido.

Confira a nota da prefeitura:

Clique para ampliar



--Publicidade--



Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem