Gravatá | Secretários de Governo e Desenvolvimento Econômico recebem Superintendente do Ministério do Trabalho

João Paulo - Secretário de Desenvolvimento Econômico


Ismael Alves
politicanoforno@gmail.com
(81) 99139-7305


Na noite de ontem, terça-feira, 12, os secretários de Governo e Participação Social, Júnior de Paulo, e o executivo da pasta, Marcelo Pereira, além do secretário de Desenvolvimento Econômico, João Paulo de Lemos; receberam o Superintendente do Ministério do Trabalho, Geovane Freitas e o analista de Políticas Sociais, Vinícius Lobo.


Durante o encontro foi pautada a funcionalidade da Agência de Trabalho no município, devido a sua antiguidade e o firmamento da parceria com a Prefeitura de Gravatá. Alguns dos serviços disponibilizados pela agência são: a agilidade do seguro desemprego, recursos dos seguros, emissão de carteira de trabalho e outros. Esse convênio entre a Prefeitura de Gravatá e a Superintendência do Trabalho e secretaria de Desenvolvimento Econômico é fundamental para que o espaço continue com o atendimento à população.


A função da Secretaria do Trabalho não é só fiscalizar as questões trabalhistas, mas visa a modalidade de bolsa qualificação que permite conceituar os seus trabalhadores já empregados. “O custo é de responsabilidade da Superintendência do Ministério do Trabalho, a qual fornece a mão de obra, e a empresa arca com as estruturas e o curso de qualificação. É uma parceria”, destacou o Superintendente, Geovane de Freitas”. 

--Continua após a publicidade--



O secretário de Governo e Participação Social, Júnior de Paulo, ressalta a importância da qualificação dos funcionários. “É bom ter o seu funcionário e qualificá-lo desta maneira, para que ele retorne com uma contribuição maior para a empresa”. 


João Paulo de Lemos, secretário de Desenvolvimento Econômico, compartilhou a ideia de fazer o chamamento através da associação comercial em parceria com a Secretaria, Ministério e Senac.


Outro ponto abordado na reunião foi a relevância do Espaço Aprendiz para que possa ser montado um espaço (manual e estrutural) e, junto com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico firmar uma parceria que oriente as empresas para que elas não sejam multadas, e que façam a captação dos jovens no banco de dados para ofertar as empresas locais. “Precisamos do empenho da Prefeitura para transformar isto em ação, o bom de Gravatá é que o time sabe jogar”, disse o Superintendente. 


Também foi demostrado o interesse de trazer para a nossa cidade o Projeto Informante Rural que é o programa do Ministério da Cidadania em Pernambuco em conjunto com o Ministério do Trabalho e as prefeituras, que realiza o pagamento de R$ 2.800,00 (em duas parcelas) às famílias dos trabalhadores rurais, porém o dinheiro deve ser investido em programa produtivo que é desenhado e fiscalizado pelo Ministério. Esse programa é destinado às famílias carentes da zona rural que são cadastradas pelo Cadastro Único, pela Secretaria de Assistência Social e Juventude.


 Júnior de Paulo - Secretários de Governo e Participação Social


Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem