Promotoria de Chã Grande diz que contratações temporárias para professor "constitui burla à nomeação e posse de aprovados" em concurso e recomenda suspensão imediata

Foto - CGN/Reprodução

Ismael Alves
(81) 99139-7305



A Promotoria de Justiça de Chã Grande, Zona da Mata, recomendou à prefeitura Municipal, nesta Segunda-feira, 06, que suspenda, imediatamente, contratações de servidores temporários na área de Professor Polivalente, além de rescindir contratos já firmados. 

A recomendação ministerial ocorre após a prefeitura publicar, no Diário Oficial dos Municípios, em 30 de Junho deste ano, a contratação temporária de professores por meio de processo de Seleção Pública Simplificada, embora, exista concurso homologado. 

Para o Promotor de Justiça Gustavo Dias Kershaw, a contratação por meio de seleção "burla nomeação e posse de aprovados". Na recomendação, o Promotor adverte que seu descumprimento resultará na adoção de medidas extrajudiciais e judiciais pelo Ministério Público de Pernambuco. 


 

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem