Ticker

6/recent/ticker-posts

Cabo Aênia critica vereador Dilson Batista por retirar de pauta concessão de medalha a Bolsonaro: "tiro no pé"



Ismael Alves - A pré-candidata à deputada estadual Cabo Aênia (PL) reagiu com reprovação à atitude do vereador Dilson Batista (AVANTE), do Recife, que após declarar apoio a Marília Arraes (SD), pré-candidata ao Governo do Estado, retirou de pauta a proposta de entrega da Medalha José Mariano, honraria máxima do Legislativo Municipal, que seria concedida ao presidente Jair Bolsonaro (PL). 

Em nota enviada ao blog, Cabo Aênia, que é do mesmo partido de Bolsonaro, classificou o recuo de Dilson Batista como "um tiro no pé". Para ela, a entrega da honraria ao presidente da República refletiria "uma vontade da Casa", afirmou ao justificar os 22 votos favoráveis à propositura. 

Rebatendo a justificativa do vereador sobre "respeito às lideranças e à fidelidade partidária", Aênia afirmou que, em caso de choque entre os interesses partidários e os princípios, deve prevalecer o último, sendo a troca de partido uma opção coerente. 

Para Aênia, a decisão de Dilson Batista, que já foi 2° Sargento da Polícia Militar, desagradou policiais e bombeiros que poderiam apoiá-lo na busca por uma cadeira na Câmara Federal. Dilson Batista é pré-candidato a deputado federal. 

Leia a nota:

É lamentável tal posicionamento do vereador Dilson Batista, até pelo fato de ser um Sargento da reserva da PMPE, não vejo qual o motivo para isso, até mesmo porque já haviam 22 assinaturas nesse Projeto, era uma vontade da Casa, nada mais justo que o projeto seguisse para votação independente da vontade partidária. 

"Existem momentos na vida de um político onde ele deve decidir entre o partido e seus princípios.  Caso os dois não caminhem juntos, o melhor seria mudar de partido. Eu não acredito que isso tenha sido visto com bons olhos pela maioria dos Policiais e Bombeiros Militares que poderiam apoiá-lo para Federal este ano, mesmo estando no partido errado, mas agora Dilson deu um tiro no pé, infelizmente."