Prefeitura de Sairé tem FPM bloqueado, prefeito diz que vai decretar Estado de Emergência e responsabiliza gestão anterior



Ismael Alves
politicanoforno@gmail.com
(81) 99139-7305


A Prefeitura de Sairé emitiu na noite desta terça-feira, 12, através das redes sociais, uma nota oficial comunicando ter sofrido bloqueio de valores na parcela do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) referente ao dia 10 de janeiro.

De acordo com o comunicado, os cofres municipais de Sairé receberam o montante de R$ 483.556,48 no último dia 10. Desse valor, o total de R$ 297.212,79 ficou impossibilitado de ser utilizado pelo governo municipal em detrimento do não repasse de contribuição previdenciária ao INSS, além da debitação de uma multa no valor de R$ 12.263,48.


Ainda de acordo com a nota, os transtornos são provenientes da herança administrativa deixada pela gestão do ex-prefeito Fernando Pergentino (PSB). Segundo o governo de Gildo Dias (PL), atual prefeito, o Município terá Estado de Calamidade Financeira decretado nos próximos dias, caso haja novos bloqueios. 

A gestão municipal relata enfrentar dificuldades no início do governo devido a situação caótica das finanças públicas. 

Clique para ampliar




1 Comentários

  1. Esse débito é referente ao parcelamento da dívida perante o INSS que foi feito pelo ex-prefeito Everaldo e herdada pelo recente ex-prefeito Fernando ou já é uma nova dívida previdenciária?

    ResponderExcluir
Postagem Anterior Próxima Postagem