Conflito ideológico • Eleição da Mesa Diretora da Alepe: Abimael Santos declara voto em Gustavo Gouveia para a 1ª secretaria e recebe críticas de bolsonaristas


Ismael Alves - O deputado estadual Abimal Santos (PL), já devidamente diplomado e prestes a iniciar seu primeiro mandato parlamentar, já enfrenta a primeira crise com seu eleitorado, antes mesmo de tomar posse. 

Ocorre que, ao declarar voto em Gustavo Gouveia (SD), deputado estadual reeleito, candidato  ao cargo de primeiro secretário da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) para o biênio 2023/2024, Abimael, fruto do bolsonarismo em Pernambuco, desagradou boa parte do seu eleitorado por uma questão ideológica: Gustavo compôs o palanque lulista de Marília Arraes (SD) na disputa pelo governo do Estado, em 2022. 

No entanto, muito mais do que  somente apoiar, Abimael, que integrou o palanque estadual de Bolsonaro, encabeçado por Anderson Ferreira, se mostrou disposto a angariar outros votos em prol de Gustavo Gouveia. "Não só estou declarando, como também estarei pedindo voto", afirmou em entrevista concedida ao jornalista Alberes Xavier. 

A fala de Abimael provocou comentários de reprovação por parte dos apoiadores do ex-presidente Bolsonaro (PL). Alguns até o classificaram, em comentários  no perfil de Alberes, no Instagram, de "deputado de um mandato" ou mesmo de "arrependimento do voto". Outro leitor relembrou que "os Gouveia [se referindo também ao prefeito de Paudalho, Marcelo Gouveia]  fizeram campanha contra Bolsonaro", alfinetou.

Clique para ampliar