Prefeito e Secretário de Agricultura de Gravatá cumprem agenda com Paulo Câmara



O prefeito de Gravatá, Joselito Gomes, e outros chefes do executivo municipal de seis cidades do Agreste, participou de encontro com o governador de Pernambuco, Paulo Câmara, na sede do Governo do Estado, Palácio do Campo das Princesas, em Recife.

A conversa, que teve a participação também de representantes do Ministério Público de Pernambuco – MPPE, da Assembleia Legislativa de Pernambuco – Alepe, e da Agência de Defesa e Fiscalização Agropecuária de Pernambuco – ADAGRO, tratou sobre a utilização do adubo orgânico conhecido como cama de galinha nos plantios de cará e de banana, produtos que são fortes no município.

Ficou definido que haverá a construção de uma proposta visando beneficiar os produtores a curto prazo.

Na ocasião, o prefeito estava acompanhado do secretário de Desenvolvimento Rural e Meio Ambiente de Gravatá, Lula do Padre (à direita), que explicou a razão desse encontro. “Ficou definido que será dado um prazo para que os produtores rurais possam se adaptar à forma correta de utilização desse adubo, uma vez que ele provoca a proliferação da “mosca-dos-chifres”, vetor de doenças para o gado, causando prejuízos aos criadores. Entende-se que no momento seria muito difícil a proibição terminantemente, mas será apresentada uma emenda à Lei 17.890, de julho de 2022. Uma das soluções é seguir a determinação da Portaria da ADAGRO nº 14 de 09 de fevereiro de 2015, que torna obrigatória a colocação de uma camada de solo sobre o esterco”.

Além de Gravatá, os municípios que participaram da reunião foram Amaraji, Barra de Guabiraba, Bonito, Camocim de São Félix, Cortês e Sairé.

Postar um comentário

0 Comentários