Ticker

6/recent/ticker-posts

Marília Arraes é confirmada como candidata do Solidariedade ao governo de Pernambuco




G1 - O Solidariedade oficializou neste domingo (31) o nome de Marília Arraes como candidata ao governo de Pernambuco nas eleições de outubro. Sebastião Oliveira (Avante) será vice na chapa, que terá ainda André de Paula (PSD) como candidato ao Senado.

O anúncio foi feito durante a convenção da coligação Pernambuco na Veia, dos partidos Solidariedade, Avante, PSD e Agir 36, realizada no Classic Hall, em Olinda, no Grande Recife. A coligação vai concorrer nas eleições de Pernambuco com 118 candidatos a deputados estaduais e 58 a deputados federais.

O ato, marcado para começar às 14h, teve início às 16h40. Alguns dos apoiadores chegaram em comitivas em diversos ônibus que vieram de diversas regiões do estado.

Acompanhada de Sebastião Oliveira e André de Paula, Marília Arraes chegou ao Classic Hall às 15h40. Antes de subir ao palco, ela falou do que espera para Pernambuco.

“Aqui a gente está reunindo muita gente que quer o melhor para Pernambuco e o melhor pra Pernambuco alinhado com o projeto que o presidente Lula representa. A melhoria para a saúde, para as estradas, para todas as áreas que a gente sabe que precisa de um grande trabalho”, afirmou a candidata ao governo.

A candidata ao governo foi chamada para discursar no palco após manifestações culturais com a declamação de poesias e a apresentação de artistas.

Em seu discurso, por volta das 17h35, Marília Arraes falou sobre a sua trajetória política, o que espera fazer por Pernambuco e criticou o atual governo, do PSB, seu principal adversário político.

Marília Arraes também falou que não iria deixar voltar a acontecer em Pernambuco tragédias como a das chuvas, com deslizamentos de barreiras, enchentes e mortes. Ela também afirmou que resolveria o problema da falta de água.

“Pernambuco tem um povo que nunca baixou a cabeça, mas que ultimamente a gente tem visto o nosso povo de cabeça baixa porque vem sendo dominado por um grupo que pensa que é dono de muita coisa, pensa que é dono do presidente Lula, pensa que é dono de Arraes, pensa que é dono da vontade do povo de Pernambuco", declarou.

O presidente nacional do Solidariedade , Paulinho da Força, também falou durante a convenção, confirmando o apoio à candidatura do ex-presidente Lula, em uma federação junto com outros partidos.

A fala de Marília Arraes foi precedida pelos discursos de André de Paula e Sebastião Oliveira, que começou seu discurso por volta das 17h. Ele falou sobre a sua trajetória política, elogiou as de André de Paula e Marília Arraes e afirmou que os apoiadores do ex-presidente Lula na candidatura à presidência estavam ali.

“Marília vai fazer uma revolução na saúde, na infraestrutura e principalmente na erradicação da miséria, junto com o nosso presidente Lula. Porque o povo do Lula está nesse palanque com Marília, o povo do Lula não fez acordo com os poderosos, o povo do Lula acompanha quem esteve ao seu lado nas horas mais duras e nos momentos mais difíceis. Porque nós hoje temos acanhamento, a vergonha, a humilhação de ver o nosso país voltar ao mapa da fome. São 36 milhões de brasileiros que acordam todo dia e que não sabem se conseguem comer ou fazem de forma inadequada. Isso é de matar de vergonha. Não dá pra fazer de conta que isso não existe. Isso precisa voltar a ser a prioridade de todas as prioridades, comida no prato, emprego. Eu quero ir a Brasília para trabalhar pelo meu estado”, disse.

Às 17h10, após a exibição de um vídeo sobre a sua trajetória, André de Paula iniciou o seu discurso falando do que quer fazer pelo estado.

“Fui vereador, fui deputado estadual, sou deputado federal há seis mandatos. Ocupei todas as funções que um político pode querer ocupar no Congresso. Quero ser o senador do emprego, quero ser o senador da justiça social, quero ser o senador da governadora Marília Arraes. Senador que vai batalhar para ter os 14 ou 15 votos do partido ao lado do presidente Lula, apoiando ele”, disse.

Perfis

Marília Arraes é recifense, foi vereadora por três mandatos e é a única mulher deputada federal por Pernambuco na atual Legislatura da Câmara dos Deputados. Também é a segunda mulher da história a ocupar o cargo de Segunda Secretária da Mesa Diretora da Casa.

Em 2020, foi candidata a Prefeita do Recife e se tornou a primeira mulher da história da cidade a disputar o segundo turno da eleição municipal do Recife.

Marília iniciou sua militância ainda jovem, inspirada pelo avô, Miguel Arraes [ex-governador de Pernambuco, ex-prefeito do Recife, ex-deputado federal] e seguiu atuando no movimento estudantil, quando ainda cursava a Faculdade de Direito do Recife.

Mãe de Maria Isabel, Maria Bárbara e grávida do terceiro bebê, a candidata ao governo se filiou ao Solidariedade em março, depois de seis anos no Partido dos Trabalhadores (PT), onde fez oposição ao PSB, partido que comanda o governo de Pernambuco há 16 anos.

A filiação de Marília Arraes ao Solidariedade, que nacionalmente apoia a candidatura à presidência da República de Lula, é considerada um desafio para a campanha do ex-presidente, que em Pernambuco fez uma aliança com o PSB, que tem Danilo Cabral como pré-candidato a governador, já que grupos dentro do partido preferiam o apoio a Marília Arraes (SD).

Já Sebastião Oliveira entrou na vida política em 2002, quando foi eleito deputado estadual com 25.470 votos, após exercer a medicina e atuar como professor da Universidade de Pernambuco (UPE) por vários anos.

Na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), foi presidente da Comissão de Saúde e da relatoria da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) Estadual dos Planos de Saúde.

Foi reeleito como deputado estadual em 2006, com 47.364 votos. Em 2007, assumiu o comando da Secretaria Estadual de Transportes na primeira gestão de Eduardo Campos.

Em 2010, foi eleito para o terceiro mandato como deputado estadual, com 79.736 votos. Em 2014, estreou na Câmara Federal conquistando 115.926 votos. Em janeiro de 2015, assumiu a Secretaria de Transportes do governo de Paulo Câmara (PSB).

Em 2018, Oliveira assumiu mais um mandato de deputado federal, com 129.978 votos. Atualmente, lidera a bancada do Avante, na Câmara dos Deputados.

Já o candidato a vice-governador na chapa, André de Paula, é bacharel em Direito, presidente estadual do PSD, e está em seu sexto mandato na Câmara Federal.

André de Paula tem 60 anos e é formado pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Ele foi vereador do Recife de 1989 a 1991 e deputado estadual de 1991 a 1999.

Foi seis vezes eleito deputado federal e atua na Câmara desde 1999. Na sua trajetória política, também ocupou cargos no governo de Pernambuco, tendo sido secretário de Produção Rural e Reforma Agrária e secretário das Cidades.

Desde fevereiro de 2021, o deputado federal é segundo vice-presidente da Mesa Diretora da Câmara dos Deputados. Em 2019, foi líder da bancada do PSD na Câmara.

A pré-candidatura dele foi oficializada no dia 16 de maio, em uma coletiva de imprensa realizada na sede estadual do Solidariedade, no bairro do Torreão, na Zona Oeste do Recife, e transmitida pela internet.