Ticker

6/recent/ticker-posts

Com 1% de intenção de voto, Weintraub anuncia desistência do governo de SP



Correio Braziliense - O ex-ministro da Educação Abraham Weitraub anunciou, neste domingo (31/7), a desistência da candidatura ao governo de São Paulo. Agora, o objetivo é concorrer ao cargo de deputado federal. Ele tinha 1% das intenções de voto para governador, segundo a última pesquisa Datafolha.

Weintraub anunciou a desistência durante convenção do Brasil 35, Partido da Mulher Brasileira (PMB), que ocorreu na Câmara Municipal. O ex-ministro participou do evento via videoconferência porque está nos Estados Unidos. Na ocasião, Arthur Weintraub, irmão do ex-aliado do presidente Jair Bolsonaro (PL), revelou que não irá concorrer ao Senado. Ele vai disputar a Câmara, ao lado de Abraham.

“A direita de verdade, conservadora, tá sem voz hoje. Nós não podemos correr o risco de não poder ter uma base representando a gente lá [no Congresso Nacional). É nesse sentido que eu estou mudando a minha candidatura de governador para deputado federal, e o Arthur de senador para deputado federal também", disse o ex-chefe do MEC.

Na pasta da Educação, Abraham Weintraub ficou pouco mais de um ano e acumulou uma série de polêmicas. Próximo dos filhos do presidente e popular entre a militância bolsonarista, ele deixou o comando MEC após a escalada da crise causada por suas declarações contra ministros do STF, na reunião ministerial de 22 de abril de 2020. “Eu, por mim, botava esses vagabundos todos na cadeia, começando no STF".