Letreiro móvel superior

8/recent/ticker-posts

Gravatá: por risco à saúde humana, pombos da Praça da Matriz se tornam preocupação; prefeitura e MP debatem solução

Imagem: Blog do Matuto-Reprodução


Ismael Alves - Os numerosos pombos que vivem concentrados na Praça da Igreja Matriz de Sant'Ana, no centro de Gravatá, Agreste, passaram a ser motivo de preocupação para a população por uma razão: o risco de transmissão de doenças para humanos. 

O gravataense José Silvestre dos Santos, o popular 'Miro Pintor', morador do Bairro do Prado,  revelou apreensão diante da iminente ameaça à saúde das pessoas, principalmente para quem costuma frequentar a praça. Recentemente, ele ocupou o espaço de utilidade pública do programa Jota Silva, da rádio Gravatá FM, para alertar às autoridades sobre a necessidade de providências quanto ao assunto. 

Miro Pintor busca solução para excesso de pombos

Em conversa com o editor deste blog, Miro faz questão de expressar sua admiração pelas aves, mas não esconde sua preocupação diante do crescimento descontrolado da população de pombos. Ele relata que a Praça da Matriz é utilizada até para a celebração de missas, mas que agora o local não oferece condições de segurança sanitária. 

Apelo ouvido 

O clamor de Miro Pintor, ecoado pelas ondas do rádio, teve endereço certo. Na última quarta-feira, 06, representantes da Prefeitura de Gravatá e do Ministério Público de Pernambuco (MPPE) estiveram reunidos para tratar do controle populacional dos pombos em Gravatá. O foco principal da reunião foi a Praça da Igreja Matriz. Ações com o objetivo de solucionar o problema devem ser colocadas em prática já nos próximos dias.

Reunião entre prefeitura e MP em 06/04/2022