Ticker

6/recent/ticker-posts

Por meio de nota, Coren-PE repudia comportamento do secretário de Saúde de Amaraji e cobra providências da prefeitura; confira



Circula nas redes sociais um áudio atribuído ao secretário de saúde de Amaraji/PE, José Roberto Nascimento, referindo-se a uma técnica de enfermagem do município. No áudio, ouve-se o secretário relatando uma situação que envolveria a profissional e a prefeita, Aline Gouveia (PSB).

No relato, José Roberto usa um palavreado esdrúxulo, com intenção nítida de desmoralizar a profissional, proferindo expressões misóginas, machistas e homofóbicas, em uma fala repulsiva que flerta com o discurso de ódio.

Ouvir o conteúdo causa ojeriza e um sentimento de grande inquietação. Não deve haver espaço para esse tipo de conduta e discurso em qualquer que seja a área profissional, e menos ainda nos serviços de saúde, os quais requerem humanidade e decência daqueles que os executam. Causa profunda preocupação na sociedade, que um gestor de saúde pública porte-se de tal modo.

O Plenário do Conselho Regional de Enfermagem de Pernambuco expressa a sua solidariedade à colega Mayara Andrade e o repúdio absoluto à fala e à conduta do senhor José Roberto Nascimento. Estamos mobilizando nosso Núcleo de Ética e o Departamento Jurídico para providenciar a intervenção que nos couber. Episódios como este reafirmam o estado de desrespeito e desvalorização ao qual à Enfermagem é submetida diuturnamente. É preciso resposta contundente das entidades representativas contra estas práticas abusivas e criminosas.

Cobramos da prefeitura municipal as providências óbvias e a reparação aos danos ante a nossa colega e ante os mais de 120 mil profissionais de Enfermagem pernambucanos, agredidos pelas palavras repugnantes do gestor.

Todas as medidas que couberem ao Coren-PE em desfavor do secretário serão tomadas com o rigor máximo da lei. A Mulher merece respeito. A Enfermagem merece respeito.



Conselho Regional de Enfermagem de Pernambuco