Ticker

6/recent/ticker-posts

Parlamentares do Podemos pedem à PGR investigação sobre abuso de poder do TCU



Correio Braziliense - Os senadores Alvaro Dias (PR), Oriovisto Guimarães (PR), Eduardo Girão (CE), Jorge Kajuru (GO), Flávio Arns (PR), Lasier Martins (RS) e Styvenson Valentim (RN) vão pedir à Procuradoria-Geral da República que apure o suposto abuso de autoridade por parte do subprocurador Lucas Rocha Furtado.

Os parlamentares alegam que Furtado teria ignorado normas e pareceres internos do Tribunal de Contas da União (TCU). Assim, propõe que a PGR tome medidas legais e "sanções cabíveis".

No Twitter, Alvaro Dias frisou o abuso de autoridade por parte do subprocurador. "Lucas Furtado, do TCU, por abuso de autoridade. ‘Nenhuma autoridade pública pode abusar dos poderes que lhe tenham sido atribuídos para prejudicar ou beneficiar outrem ou por mero capricho ou satisfação pessoal'", escreveu.

A peça é uma resposta ao tribunal abrir investigação contra o ex-juiz Sergio Moro acerca de seus ganhos enquanto atuou na consultoria americana Alvarez & Marsal.

O subprocurador pediu que a Corte investigasse suposto conflito de interesses entre as atividades de Moro e clientes do escritório. Uma dessas empresas é a Odebrecht, investigada na Operação Lava-Jato, conduzida pelo ex-ministro da Justiça.

A corte determinou, no fim do ano passado, que Moro revelasse seus ganhos enquanto trabalhava para a consultoria. Ainda que considere uma investigação abusiva, o ex-juiz revelou quanto ganhou em uma live ocorrida na semana passada.