Ticker

6/recent/ticker-posts

Quem é Manuela D'Ávila entre o aborto na Colômbia e a guerra da Rússia? - Por Ismael Alves


Ismael Alves - A ex-deputada federal Manuela D'Ávila, do PCdoB do Rio Grande do Sul, recorreu às redes sociais nesta quinta-feira, 24, para demonstrar preocupação diante do conflito bélico envolvendo a Rússia e Ucrânia. 

D'Ávila, que ficou conhecida nacionalmente depois de ter sido candidata à vice-presidente da República na chapa de Fernando Haddad (PT) nas eleições de 2018, saiu "em defesa da paz", como ela mesma escreveu em seu post.

A preocupação de D'Ávila sobre a guerra é pertinente, afinal, há sangue de pessoas inocentes sendo derramado. O que estranha é saber que a ex-deputada é defensora ferrenha da prática do aborto, que também derrama o sangue de seres humanos inocentes e  indefesos. 

Recentemente, Manuela D'Ávila comemorou a decisão da justiça da Colômbia que liberou a prática do aborto até o sexto mês de gestação. A feminista vibrou através de uma publicação feita no Twitter,  mas apagou logo após receber uma tsunami de críticas. 

Diante do contraditório posicionamento de D'Ávila, cabe até parafrasear o ex-presidente Lula (PT), seu ídolo, que afirmou, recentemente: "na polarização entre Deus e o diabo nunca existiu terceira via".  


Clique em cima para ampliar


°°°