Letreiro móvel superior

8/recent/ticker-posts

Sairé: Ação judicial pede afastamento do prefeito Gildo Dias e condução do vice ao cargo de gestor


Ismael Alves - Uma ação popular que tramita na Vara Única da Comarca de Sairé, Agreste, pede o afastamento do prefeito Gildo Dias (PL) e a condução do vice-prefeito Dr. Marcílio (PL) para o cargo de chefe do Executivo Municipal. 

De acordo com o advogado Dr. Luiz Maranhão, autor da ação, o prefeito supostamente teria cometido "diversas e reiteradas irregularidades em sua gestão, causando enorme lesão aos cofres municipais", afirma trecho da petição. O impetrante acusa o gestor de ter criado Lei Municipal e concedido gratificações para classe específica de servidores municipais mediante acordo com categoria, sem que nada tivesse passado pela Câmara, além de ter "descumprido o orçamento aprovado para o município no exercício [de 2021]". 

"Prefeitura criou Lei"

Segundo consta nos autos do processo, a prefeitura de Sairé teria publicado em 06 de julho de 2021, no Diário Oficial dos Municípios de Pernambuco, a Lei Municipal n° 1.385/2021, que trata sobre a função gratificada de médico lotado na Unidade Mista Otilia Mendonça Souto Maior. No entanto, a respectiva Lei nunca não foi votada pela Câmara municipal. O vereador e presidente da Câmara, Zacarias Gessé (PL), afirma, por meio de declaração anexada aos autos do processo,  que a respectiva Lei não foi criada ou mesmo apreciada pelo Legislativo.

A ação judicial tem como base a Lei n° 201/1967, que dispõe sobre a responsabilidade de prefeitos e vereadores no exercício dos seus respectivos cargos. O autor pede que o Ministério Público de Pernambuco (MPPE) se debruce  sobre os casos apresentados, além de solicitar o imediato afastamento do prefeito e a condução do vice-prefeito ao cargo de gestor.

A prefeitura

Contactada pelo blog, a gestão municipal preferiu não se manifestar sobre o assunto, por hora, afirmando que se posicionará em "momento entendido como correto".

Processo n° 0000004-93.2022.8.17.3210.