Gravatá | De menino de rua a empresário: ex-vereador Dode Flores relembra trajetória de vida ao comemorar 22 anos de casado e ressalta importância da família



Ismael Alves - "Um homem realizado". É assim que se define Josenildo Quirino, ou simplesmente, 'Dode Flores',  como é conhecido em Gravatá, Agreste. Ele explica a razão desse sentimento: "a família".

Enquanto comemorava a chegada de 2022, Dode também tinha outro motivo especial para celebrar neste dia 01 de janeiro: 22 anos de casamento, revelou durante conversa com o editor deste blog. Dessa união surgiram duas filhas e um filho que, embora já adolescentes, Dode expressa os mesmos cuidados de quando eram crianças, contou Lucileide Quirino, sua esposa. "É um pai muito amoroso", completou. 

Na conversa, Dode fez questão de relembrar o caminho que precisou trilhar para chegar até aqui. Hoje, empresário bem sucedido no ramo da floricultura, ele destaca que nem tudo foi só flores na sua vida. 

De origem simples, Dode nasceu em Gravatá, no Bairro do Cruzeiro, onde cresceu e reside até hoje. Numa retrospectiva da sua trajetória ele revelou que já foi "menino de rua, flanelinha" e que sofreu todas as consequências da pobreza. 

Na medida em que crescia,  fazia uns bicos aqui e ali, e, sempre que possível, guardava uns trocadinhos.  Aos poucos e com muito trabalho a vida foi melhorando. Com isso, ele  procurava  ajudar outras pessoas que enfrentavam situações difíceis. 

O tempo foi passando e ele conseguiu mudar de vida. Suas ações sociais ganharam evidência e reconhecimento. Em 2016, ano eleitoral, já bem estruturado no sentido financeiro, Dode decidiu se candidatar a vereador.  Foi vitorioso no pleito eleitoral e angariou 772 votos, resultado que garantiu uma das 15 cadeiras na Casa Vereador Elias Torres.

Seu mandato foi dedicado às causas sociais e assistência na saúde, mas a reeleição não aconteceu em 2020. No entanto, isso não o impediu de continuar com o trabalho social que segue realizando.  

Tendo recebido aproximadamente 600 votos em 2020, Dode detém expressiva liderança  em Gravatá. Neste ano, certamente apoiará deputados estadual e federal. Consciente da importância da base familiar na sua vida, ele não hesita em dizer: "sem minha família eu não teria chegado até aqui. São 22 anos de altos e baixos, mas os melhores anos da minha vida", concluiu. 

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem