Cortês: Cristiane Oliveira e Celso Cleiton denunciam prefeitura ao MPPE por ausência de coleta de lixo na Usina Pedroza


O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) por meio da Promotoria de Justiça de Cortês, na Mata Sul, foi acionado pela vereadora Cristiane Oliveira (PSB), presidente da Câmara Municipal, e o vereador Celso Cleiton (PSB), em desfavor da prefeitura Municipal. 

Em denuncia conjunta assinada pelos parlamentares, eles relataram ao promotor de Justiça Dr. Eduardo Leal dos Santos, por meio do ofício n° 220/2021, expedido pela Câmara que, a prefeitura não realiza coleta de lixo na Usina Pedroza, zona rural do município, há mais de 30 dias. A ausência do serviço tem colocado em risco a saúde pública da comunidade.

Segundo a denúncia, a suspensão do serviço tem motivação meramente política. Os parlamentares explicam que o proprietário da Usina Pedroza não tem aliança política com o grupo da prefeita Fátima Borba (Republicanos). A gestão Municipal, de acordo com os denunciantes, tem alegado, informalmente, que a administração da Usina não autoriza a entrada de caminhão. No entanto, os vereadores afirmam que a própria Usina nega a informação. 

Além do lixo residencial produzido por cerca de 150 famílias que residem na localidade, a Usina conta com escola e Posto de Saúde. O lixo do posto de saúde, de natureza hospitalar, também não está sendo recolhido. Cristina e Celso pedem que a Promotoria possa intervir junto ao Poder Executivo Municipal, afim de garantir a realização da coleta de lixo na respectiva localidade.

Clique para ampliar




Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem