Vereadores de Chã Grande repudiam declarações do Ministro da Educação



Ismael Alves
politicanoforno@gmail.com
(81) 99139-7305

A Câmara de Vereadores de Chã Grande se posicionou contra as declarações do Ministro da Educação, Milton Ribeiro, proferidas durante o programa Sem Censura, da TV Brasil, na última terça-feira (10). O titular da pasta disse, em entrevista, que a educação superior pública no país deveria “ser para poucos, nesse sentido de ser útil à sociedade”.

A declaração do ministro repercutiu por todo o país e provocou, na Câmara de Chã Grande, uma nota de repúdio, assinada por todos os parlamentares da Casa que, segundo o entendimento do legislativo, “contraria todos os preceitos constitucionais de acesso à educação e redução das desigualdades sociais”.

Para explicar seu entendimento, Milton Ribeiro disse que “tem muito engenheiro ou advogado dirigindo Uber porque não consegue colocação devida”. “Se fosse um técnico de informática, conseguiria emprego, porque tem uma demanda muito grande”, completou o titular do Ministério da Educação.

A nota de repúdio ainda apresenta dados do desemprego no país, explicando, por exemplo, que a falta de empregos se estende a todos os setores e que a educação de nível superior não deva ser desestimulada. “Pelo contrário. A capacitação da população deve ser incentivada e realizada através do ensino superior e técnico em conjunto a políticas públicas de combate ao desemprego”, diz o documento, aprovado por unanimidade no plenário da Casa Paulo Viana de Queiroz.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem