Letreiro móvel superior

8/recent/ticker-posts

Gravatá | Tio do Ministro Gilson Machado, João Machado vai à ARPE questionar cobrança abusiva da Compesa



Ismael Alves
politicanoforno@gmail.com
(81) 99139-7305

Em meio a uma enxurrada de reclamações da população de Gravatá, diante da cobrança espantosa da tarifa de esgoto inclusa na fatura da Compesa, o empresário João Machado, tio do Ministro do Turismo, Gilson Machado, resolveu entrar no circuito para saber  qual a fundamentação para a taxação extra na conta de água dos gravataenses. 

Nesta terça-feira, 06,  ele protocolou um pedido de informações na Agência de Regulação dos Serviços Delegados do Estado de Pernambuco (ARPE), responsável por fiscalizar os serviços oferecidos pelo Estado, incluindo fornecimento de água, energia elétrica e outros similares. Nele, João Machado questiona os normativos que permitem a cobrança que chega a dobrar o valor da fatura, sem poupar nem mesmo quem paga tarifa social por atender o perfil de consumidor de baixa renda. 

A polêmica envolvendo a cobrança da Compesa alcançou grande repercussão após ser abordada no programa Jota Silva, apresentado diariamente pela Rádio Gravatá FM (92,3 MHz), emissora presidida por João Machado. 

João Brigão

O questionamento feito em busca de elucidar a cobrança que tem aterrorizado o bolso dos gravataenses não tem relação com a provável candidatura de João Machado para deputado federal nas eleições de 2022. Seu engajamento em causas públicas é corriqueiro, principalmente tratando-se de interesses coletivos que envolvem Gravatá e municípios adjacentes. 

Em outras ocasiões, João Machado comprou boas brigas por pautas relevantes, como: melhoramento do abastecimento de água de Gravatá e Chã Grande, além do destravamento da construção civil e até mesmo pela ideia de transformar a 5 CIPM em batalhão, com o objetivo de reforçar a segurança pública. Quem conhece, sabe: quando o assunto é defender o povo, João sempre foi brigão. 

Clique para ampliar