”É preciso valorizar a polícia”, defende Marco Aurélio Filho





Ismael Alves
politicanoforno@gmail.com
(81) 99139-7305


Na reunião ordinária virtual da Câmara do Recife, nesta segunda-feira (10), o vereador Marco Aurélio Filho (PRTB) disse que está preocupado “com a inversão de valores” após críticas à operação da Polícia Civil realizada na favela Jacarezinho, na Zona Norte do Rio de Janeiro. O parlamentar falou sobretudo a necessidade de discutir políticas públicas para segurança e principalmente a valorização dos profissionais da área.


Na tribuna virtual da Câmara do Recife, o vereador disse estar preocupado com algumas críticas que estão sendo impostas às instituições como a da Polícia Civil e Militar. “Não estou defendendo extermínio, mas a valorização da polícia, pois estão colocando eles contra a população. Estão tratando os policiais como se eles fossem inimigos. Os bandidos não são os policiais, que fique claro”, pontuando que “os policiais são servidores, que vestem uma farda para defender a sociedade”.


Marco Aurélio Filho acrescentou que não cabe a ele mesmo fazer um julgamento sobre a operação no Rio de Janeiro. “Se houve exacerbação, se a operação se deu de forma truculenta, errada, que a corregedoria da polícia investigue. Mas não podemos taxar a instituição como inimiga da sociedade, como está se dando. Esta inversão de valores que eu não estou entendendo. E isso me causa preocupação”, disse.


O parlamentar recebeu elogios dos vereadores Dilson Batista (Avante) e Alcides Cardoso (DEM).

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem