Volta às aulas presenciais sem vacinação assusta professores, país e alunos; confira o podcast "A decisão de Paulo Câmara"



Ismael Alves
politicanoforno@gmail.com
(81) 99139-7305


Em meio ao momento do qual se registra mais casos de covid-19, inclusive fatais, o governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), segue dando cumprimento ao novo plano de convivência com a pandemia,  que inclui retomada das aulas presenciais. Seguindo  cronograma do Estado, as escolas particulares iniciaram a retomada gradativa desde o dia 05 de abril. Nesta segunda-feira, 12, novos grupos de alunos da rede particular voltarão às salas de aula.

De acordo com o Governo do Estado, até o dia 03 de maio todas as escolas estarão  funcionando em plenitude. Ocorre que, o plano em vigor vai na contramão da realidade e, obviamente, não está sendo bem visto pelos professores, pais de alunos e os próprios estudantes.  

Indiscutivelmente, as aulas presenciais darão propulsão ao contágio do coronavirus, o que pode ampliar o número de mortes provocadas pela covid-19. Pernambuco contabiliza 12.744 óbitos provenientes do coronavírus desde o início da pandemia. 

Confira o podcast do blog com números globais atualizadas, dados país e de Pernambuco, e entenda a lógica dos riscos representados pela volta às aulas presenciais. Devido a gravidade da pandemia, aulas presenciais só deveriam acontecer após a imunização de mestres e alunos, afinal, uma vida não tem preço, e, nesta pandemia, milhões já se perderam. 





--Publicidade--



Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem