Recife | João Campos se reúne com lideranças globais do ICLEI, rede internacional de cidades sustentáveis



Ismael Alves
politicanoforno@gmail.com
(81) 99149-7305


O Recife está entre as cidades mais vulneráveis aos efeitos da mudança climática em todo o mundo. Por isso, a sustentabilidade é uma agenda prioritária da gestão da Prefeitura do Recife. Nesta segunda-feira (12), o prefeito João Campos participou de um encontro com o Comitê Executivo Global (GexCom) e o Conselho Global do ICLEI - rede global de mais de 2.500 governos locais e regionais comprometidos com o desenvolvimento urbano sustentável, que a capital integra desde 2015 - para debater assuntos importantes para o desenvolvimento sustentável da cidade. Seu antecessor, Geraldo Julio, é o atual presidente do conselho regional da organização na América do Sul e iniciou a condução dos trabalhos com o ICLEI pela capital pernambucana.

“Gostaria de agradecer a oportunidade de estarmos aqui e saudar o ICLEI e a todos os participantes em nome de Geraldo, ex-prefeito do Recife e atual Secretário de Desenvolvimento Econômico do Estado. Geraldo iniciou a parceria da nossa cidade com o ICLEI e nós damos continuidade a ela garantindo discussões relevantes sobre a mudança climática que afetam o Recife, a nossa região e o país. Estamos satisfeitos em participar desse evento e animados com as parcerias que vamos construir visando o futuro da nossa capital”, disse João Campos, que integra o Conselho Global do ICLEI América do Sul.

Participaram do encontro o presidente do conselho global do ICLEI, Frank Cowie, prefeito de Des Moines (EUA), além de outros representantes da América do Sul que integram o Conselho ao lado de João Campos, como Emílio Jatón, Intendente de Santa Fé (Argentina); Juan David Palacio, diretor da Área Metropolitana do Valle do Aburrá (Colombia) e Ary Vanazzi, prefeito de São Leopoldo (RS).

O Recife é a 16ª cidade mais vulnerável às mudanças climáticas no mundo e, nos últimos anos, tem assumido um protagonismo na tomada de decisões e desenvolvimento de ações que atendam à agenda global de sustentabilidade. Em 2019, quatro anos após a associação ao ICLEI, o município publicou o decreto Nº 33.080 de Emergência Climática, reconhecendo os desafios impostos pela mudança do clima e se comprometendo a empenhar “esforços ambiciosos para realizar uma transição justa a fim de alcançar um futuro que neutralize as emissões de carbono até 2050”.

Em 2020, a cidade esteve representada em diversos espaços do fórum global Daring Cities, que reuniu líderes urbanos em discussões sobre a emergência climática. No final do ano, o Recife publicou, em parceria com o ICLEI, o primeiro Plano Local de Ação Climática e o terceiro Inventário de Emissões de Gases de Efeito Estufa, além de um relatório de insumos técnicos e modelos de financiamento para a preparação de projetos de eficiência energética e geração distribuída.

Sobre o ICLEI - O ICLEI - Governos Locais pela Sustentabilidade é uma rede global de mais de 2.500 governos locais e regionais comprometida com o desenvolvimento urbano sustentável. Ativos em mais de 100 países, o ICLEI têm participação nas políticas de sustentabilidade e impulsiona a ação local para o desenvolvimento de baixo carbono, baseado na natureza, equitativo, resiliente e circular. O ICLEI América do Sul conecta 78 governos associados em 8 países a este movimento global. Ao longo destes anos, o ICLEI América do Sul destacou-se no desenvolvimento e execução de projetos nas temáticas de: Clima e Desenvolvimento de Baixo Carbono, Resiliência, Resíduos Sólidos, Compras Públicas Sustentáveis, Biodiversidade Urbana, dentre outros.


--Publicidade--



Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem