Câmara do Recife debate essencialidade dos profissionais de educação física na pandemia


Ismael Alves
politicanoforno@gmail.com
(81) 99139-7305


O vereador Marco Aurélio Filho (PRTB) promoveu audiência pública virtual na tarde desta terça-feira (6) com o fim de debater a essencialidade dos profissionais de educação física e a prática de exercício físico, bem como estabelecimentos com esta finalidade no atual momento de pandemia da covid-19. O parlamentar aproveitou a data dedicada a essas atividades, instituída pela Organização Mundial da Saúde (OMS), para realizar o evento e esclarecer que o reconhecimento da essencialidade é fundamental para os profissionais e os estabelecimentos que prestam serviços na área.


“No dia em que comemoramos a prática da atividade física, a Câmara Municipal do Recife debate este importante tema com protagonistas do setor. Conseguimos reunir políticos, educadores físicos, gestores e cientistas. Esta conscientização é fundamental para que todos tenham a compreensão de que a atividade física é a medicina preventiva mais importante que existe”, disse o vereador.


Marco Aurélio Filho, que presidiu a audiência, convidou para participar da mesa de debates a secretária executiva de esportes do Recife, Yane Marques; o deputado federal Felipe Carreras (PSB); o Presidente do Conselho Regional de Educação Física da 12ª Região (CREF12/PE), Lúcio Beltrão; o médico Geraldo Amorim; o professor e pesquisador da UFPE, Fabrício Souto; o presidente do Sindicato Patronal das Academias de Pernambuco (SINDAC/PE), Paulo Henrique; o personal e ativista da causa Diego Paz; o presidente da Associação dos Profissionais de Educação Física de Pernambuco, Ícaro Carvalho, e a profissional de Educação Física Tatiana Martins, representando o Programa Academia da Cidade do Recife.


O primeiro convidado a falar na audiência pública foi o deputado federal Felipe Carreras (PSB-PE), que é presidente da Comissão de Esportes da Câmara dos Deputados. O parlamentar reafirmou a essencialidade da profissão de educação física e da prática dos exercícios. Ele garantiu que as projeções da OMS dão conta de que cada real gasto com saúde preventiva no Brasil, com a atividade física, representa uma economia equivalente a quatro vezes esse mesmo valor nos hospitais públicos. “Portanto, é um investimento inteligente”, disse.


O Brasil, segundo o parlamentar, normalmente investe por ano cerca de R$ 100 bilhões no SUS. “Ontem, porém, tivemos notícia de que o orçamento deste ano prevê apenas R$ 43 bilhões”.


Ele concluiu dizendo que há um débito do poder público com as políticas preventivas de saúde e uma proporcional desvalorização dos profissionais de educação física. Carreras disse que, como presidente da Comissão de Esportes da Câmara dos Deputados, encaminhará ofício a todos os governadores e prefeitos recomendando que, se eles ainda restringem as atividades dos profissionais de educação física, nessa pandemia, revejam suas decisões.



A audiência pública contou ainda com a participação das vereadoras Andreza de Romero (PP), Ana Lúcia (Republicanos), Liana Cirne (PT), Dani Portela (PSOL) e dos vereadores Osmar Ricardo (PT), Rinaldo Júnior (PSB), Samuel Salazar (MDB) e Tadeu Calheiros (PODE). Um vídeo produzido pelo gabinete de Marco Aurélio Filho foi apresentado para homenagear os profissionais de educação física, em comemoração ao dia instituído pela OMS.




A atleta olímpica Yane Marques, secretária Executiva dos Esportes do Recife, deu um depoimento sobre a importância da prática esportiva em sua vida. Yane Marques acrescentou que reconhece a atividade física como essencial e que se preocupa com os idosos que estão em casa, sem poder sair, por causa das restrições sociais. Ela garantiu que também está preocupada com os estudantes que estão sem condições de treinar.


O vereador Marco Aurélio Filho encerrou os debates dizendo que o encaminhamento a ser dado será a realização de uma próxima reunião para elaborar conjuntamente um documento, a partir das discussões da audiência pública. Esse documento será encaminhado a autoridades como o governador Paulo Câmara e o prefeito João Campos, para dizer que as atividades físicas e os profissionais de educação física são essenciais, independentemente da continuidade da crise sanitária.

--PUBLICIDADE--




Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem