Recife | Prefeito João Campos toma posse como vice-presidente de Relações Institucionais do Consórcio Conectar



Ismael Alves
politicanoforno@gmail.com
(81) 99139-7305


O prefeito do Recife João Campos tomou posse como vice-presidente de relações institucionais do Consórcio Nacional de Vacinas das Cidades Brasileiras (Conectar) - instituído pela Frente Nacional de Prefeitos (FNP) com o objetivo de promover a aquisição dos imunizantes pelos municípios brasileiros para combater a Covid-19. A cerimônia de posse da diretoria e do conselho fiscal foi realizada de forma online. Na função, o prefeito do Recife será o responsável pela articulação do Consórcio com outras instituições e entidades públicas e privadas. Na cerimônia de posse, o gestor municipal informou ainda que vai disponibilizar o programa do Conecta Recife para outros municípios que queiram organizar os seus processos de vacinação de forma digital, evitando filas e aglomerações.

Depois de saudar os membros do Consórcio e fazer os agradecimentos, o prefeito do Recife colocou a cidade à disposição para colaborar com o trabalho do grupo: “não vamos medir esforços nesta luta intensa e veloz, que deve ser, por aquisição de vacinas. No Recife, fizemos contatos com mais de dez laboratórios mundo a fora, vamos passar isso para a presidência para ajudar neste caminho. Nós estamos doando à FNP e à Unidos pela Vacina o nosso programa, que foi desenvolvido dentro da Prefeitura, para fazer todo o gerenciamento da vacinação no Recife. Aqui todo o cadastro e o agendamento são 100% digital. Um programa desenvolvido com a nossa equipe, e a gente vai doar de maneira gratuita para qualquer município que queira utilizar a plataforma para ajudar na gestão de estoque, da tomada de decisão. Ajuda muito na tomada de decisão em relação a abertura de novos grupos”.

A Vice-Presidente Jurídica e de Relações Institucionais para América Latina da Natura &Co Ana Costa também participou da cerimônia. O grupo doou R$ 4 milhões para o Consórcio Conectar para a compra de insumos hospitalares e de vacinas. “Quando uma empresa tem uma licença para operar é como se ela recebesse um mandato, ela tem uma missão forte e tem que prestar contas do interesse coletivo e social, ver como ajudar a população. A iniciativa privada tem esse dever de articular política pública, de atuar em conjunto com vários entes da Federação. Estamos nesse movimento para o bem maior”, disse ela.

No início deste mês de março, o prefeito informou que a gestão municipal da capital pernambucana vai solicitar pelo menos 200 mil doses de vacinas por meio do grupo. Com isso, a Prefeitura do Recife deve acelerar a imunização daqueles que já estão sendo atendidos e também incluir os trabalhadores da educação nesta primeira fase do Plano Recife Vacina.

No último dia 22 de março, João Campos participou da 1ª Assembleia Geral do Consórcio Nacional que contou com a presença de representantes da Organização Pan-Americana da Saúde (Opas), braço da Organização Mundial da Saúde (OMS); do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes; do ex-ministro do STF Carlos Ayres Britto e de autoridades estaduais e municipais. No encontro, os prefeitos aprovaram o estatuto do consórcio.

A FNP é formada por 412 municípios com mais de 80 mil habitantes, correspondendo a 61% da população do Brasil e 70% do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro. Ao todo, mais de 2 mil municípios fazem parte do grupo que busca a aquisição de vacinas junto aos laboratórios de todo o mundo para reforçar o Plano Nacional de Imunização (PNI).

--Publicidade--



Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem