José Queiroz critica proposta que dá autonomia ao Banco Central


Ismael Alves
politicanoforno@gmail.com
(81) 99139-7305


O projeto de lei que confere autonomia ao Banco Central (BC), aprovado nesta semana pela Câmara dos Deputados, recebeu críticas do deputado José Queiroz (PDT). Em discurso na Reunião Plenária desta quinta (11), o parlamentar alegou tratar-se de uma proposta contrária aos interesses da maioria dos brasileiros.

“A autonomia do BC representa a subserviência do País ao sistema financeiro internacional e a perda da nossa soberania”, afirmou, registrando que os partidos de oposição ao Governo Bolsonaro votaram contra a medida. Ainda na avaliação de Queiroz, o momento para discutir o tema não foi oportuno. “É preciso concentrar as energias na solução dos graves problemas nacionais, principalmente no combate à pandemia”, observou.

--Continua após a publicidade--


Outros temas – O deputado aproveitou o pronunciamento para destacar os 40 anos de criação da Juventude Socialista do PDT, que serão celebrados no dia 15 de fevereiro. “Saúdo todos os membros desse grupo e reafirmo minha certeza de que os jovens darão uma grande contribuição no processo de renovação das estruturas do partido, tornando-o ainda mais dinâmico”, disse.

Ainda nesta quinta, Queiroz voltou a falar sobre o fim das atividades da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Caruaru (Fafica). Na última semana, ele convocou a mobilização de forças políticas na tentativa de reverter a decisão. “Estamos trabalhando na direção de recuperar a universidade para Caruaru. Nesse sentido, designamos o filho de Mário Menezes, ex-diretor da instituição, para ser embaixador do assunto junto à comunidade”, explicou.


--Publicidade--


Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem