Servidores de Sairé continuam sem o salário de dezembro; sem expectativa para pagamento, grupo planeja ação judicial contra a prefeitura



Ismael Alves
politicanoforno@gmail.com
(81) 99139-7305


Leitores deste blog que integram a educação municipal da cidade de Sairé, Agreste, entraram em contato através do WhatsApp, relatando o dilema e as consequências de trabalhar e não receber. 

O drama teve início desde o mês de dezembro de 2020, quando o ex-prefeito Fernando Pergentino (PSB) encerrou o mandato deixando de quitar a folha salarial com a classe.

Passados 18 dias da gestão do prefeito Gildo Dias (PL), nenhuma solução ainda foi apresentada. 

Enquanto a atual administração justifica o não pagamento em virtude do caos financeiro deixado pela gestão anterior, os servidores da educação estão desesperados em busca de uma solução. 

Um grupo de funcionários já se mobiliza no intuito de mover ação judicial contra a prefeitura.  O sindicato dos professores também garante que vai agir em defesa da categoria. 

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem