Ticker

6/recent/ticker-posts

Cortês | Eleição de Cristiane Oliveira como presidente da Câmara com apoio da base de Fátima Borba evidencia união



Ismael Alves
politicanoforno@gmail.com
(81) 99139-7305


Durante o processo eleitoral de 2020, quatro candidatos disputaram a prefeitura de Cortês, na Mata Sul de Pernambuco. Fátima Borba (Republicanos) levou a melhor e já está empossada, administrando o município desde a última sexta-feira, 01 de Janeiro. 

Durante a campanha, Geninho (PSB) e o então prefeito Reginaldo Morais (PP) travaram uma verdadeira guerra que chegou a ultrapassar as fronteiras partidárias, dando origem a uma grande celeuma entre os políticos que foram aliados em 2016. 

Do outro lado, Fátima Borba aproveitou o acirramento entre Geninho e Reginaldo para defender a cultura do "paz e amor" para a população, mas sem deixar de, uma vez ou outra, dar uma cutucada nos dois postulantes que se "digladiavam". Com menos expressão na candidatura majoritária, Salatiel não era preocupação para Fátima. 

Mas passada as eleições, a política exige uma nova análise do cenário e isso aconteceu. As atenções se voltaram para a eleição da mesa diretora da Câmara. Derrotado, o grupo de Reginaldo ainda tentou eleger a presidência do Legislativo ao indicar o vereador Josinaldo (PSD) ao cargo, mas sem êxito. 

Com o apoio dos vereadores eleitos no palanque de Fátima, Cristiane Oliveira (PSB), esposa de Geninho, foi conduzida à presidência e chefiará o Poder Legislativo Municipal pelos próximos dois anos. Integrando forças políticas distintas, daqui em diante, as duas mulheres mais poderosas de Cortês devem protagonizar a harmonia entre os grupos políticos mais expressivos do município, fazendo jus ao provérbio popular que diz: "o inimigo do meu inimigo é meu amigo". Isso sinaliza clima de união e harmonização entre os Poderes Legislativo e Executivo.