Ticker

6/recent/ticker-posts

Gravatá | Ata da reunião da Câmara diz que todos os vereadores apresentaram documentação exigida




Ismael Alves
politicanoforno@gmail.com
(81) 99139-7305


A polêmica disputa pela presidência da Câmara de Gravatá, Agreste, ganha mais um capítulo. O episódio que envolve os vereadores Léo do Ar (PSDB) e Prequé (PSD) ganhou repercussão em todo estado.

Circula na internet foto da Ata da Reunião da Câmara do 01 de Janeiro de 2021, ocasião da qual aconteceram as eleições internas para a composição da Mesa Diretora. 

Léo do Ar, Prequé e Nino da Gaiola (PP) disputaram o cargo de presidente. Nino votou em si, enquanto Léo e Prequé empataram por 7x7. O critério de desempate seria pela idade, o que tornaria Prequé o novo presidente por ser o mais velho.

Por sua vez, o vereador Léo do Ar anulou os votos atribuídos a Prequé, sob a justificativa de que o parlamentar não havia apresentado documentação exigida pelo Regimento Interno, o que tornaria seus votos inválidos. Insatisfeito com a situação, Prequé prometeu judicializar o assunto. 

Na ata da reunião, indica-se que todos os vereadores teriam apresentado os documentos necessários. O teor da Ata pode ser crucial diante de uma eventual judicialização do caso. Até o momento, não há ação judicial impetrada sobre o assunto.


Clique para ampliar

Imagem reproduzida do WhatsApp