Paciente diz ter recebido medicamento fora do prazo de validade no hospital de Gravatá






Ismael Alves
ismaelgravatafm@gmail.com
(81) 99139-7305



Uma jovem de 23 anos que prefere ter o nome não revelado, da cidade de Gravatá, Agreste,  afirma ter recebido medicamento com prazo de validade vencido no Hospital Dr. Paulo da Veiga Pessoa, na quinta-feira, 03.

A paciente relata que procurou a unidade de saúde devido uma dor que estaria sentindo. Ao ser atendida, ela  também teria sido orientada a fazer um  exame de sangue. Após a realização do procedimento a paciente teria recebido um kit de medicamentos utilizados no tratamento de infecção causada  pelo coronavirus. 

Em casa a jovem teria percebido que uma das substâncias recebidas, Ivermectina 06mg, teria passado do prazo de validade no dia anterior. 

De manipulação farmacêutica, a medicação indica ter sido produzida no dia 04/06/2020  com período de validade até 02/12/2020. 

Incomodada com o ocorrido, a paciente garantiu que irá mover uma ação judicial contra o Município. 



Siga nossas redes sociais



Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem