Ticker

6/recent/ticker-posts

Defensora da cloroquina, deputada Clarissa Tércio volta a se manifestar contrária à obrigatoriedade de vacinação contra covid-19




Ismael Alves
ismaelgravatafm@gmail.com
(81) 99139-7305



Autora de Projeto de Lei na Alepe para impedir a obrigatoriedade da população pernambucana se vacinar contra a covid-19, a deputada estadual Clarissa Tércio (PSC-PE) voltou a se manifestar sobre o assunto nesta terça-feria, 22, após proposta apresentada pelo senador Ângelo Coronel (PSD-BA), de punir com até 8 anos de prisão quem não tomar a vacina.

Através das redes sociais, a parlamentar afirmou achar "um absurdo projetos desse tipo, impondo a obrigatoriedade da vacina para todos os brasileiros. Precisamos garantir o direito de escolha da população em querer se vacinar ou não e respeitar a Constituição Federal que assegura, em seu Art 5°, o livre exercício da liberdade individual", escreveu.

Defensora da utilização de hidroxicloroquina no tratamento da covid, Clarissa é autoria de requerimento para a disponibilização do medicamento nas Unidades de Pronto Atendimento (UPA's). No mês de março deste ano, o PSOL que o MPPE, CREMEPE e OAB investigassem a deputada por distribuir cloroquina nas comunidades.

Apoiadora do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), Clarissa declarou que "mesmo diante dos efeitos devastadores desse vírus em todo mundo e dos esforços do Governo Federal para salvar vidas, defendo que prevaleça o direito de escolha do cidadão."