Brasil tem maior registro diário de mortes por Covid-19 desde 14 de novembro




Ismael Alves
ismaelgravatafm@gmail.com
(81) 99139-7305


Reuters - O Brasil registrou nesta terça-feira 842 novos óbitos em decorrência da Covid-19, a maior contagem diária desde meados de novembro, o que eleva o total de mortes pela doença no país a 178.159, informou o Ministério da Saúde.

A notificação diária de óbitos havia ultrapassado a marca de 800 pela última vez em 14 de novembro, quando 921 mortes foram registradas, de acordo com os dados do governo.

Além disso, também foram confirmados nesta terça-feira 51.088 novos casos da doença provocada pelo coronavírus, com o total de infecções no país atingindo 6.674.999, acrescentou o ministério.

Com isso, o país retomou o patamar dos 50 mil casos diários, após as quedas que costumam ocorrer aos domingos e segundas, quando os números da pandemia ficam abaixo da média em função de um represamento de testes.

Em meio a um repique da doença, este é o maior nível diário de casos desde 28 de novembro, quando o país contabilizou 51.922 infecções.

Estado mais afetado pela doença no país, São Paulo atingiu nesta terça as marcas de 1.296.801 casos e 43.282 mortes.

Minas Gerais é o segundo Estado com maior número de infecções pelo coronavírus registradas (444.800 casos, 10.345 mortes), mas o Rio de Janeiro é o segundo com mais óbitos contabilizados (374.753 casos, 23.270 mortes).

O Brasil é o segundo país com maior número de mortes por coronavírus no mundo, atrás apenas dos Estados Unidos, e o terceiro em casos, abaixo dos EUA e da Índia.


Siga nossas redes sociais

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem