Passira | Renya definha nas urnas e devolverá chaves da prefeitura para Silvestre



Ismael Alves
ismaelgravatafm@gmail.com
(81) 99139-7305


O reinado de Renya Carla (PP), prefeita de Passira, Agreste, durou pouco tempo. Depois de ter vencido o prefeito Silvestre (PSD) em 2016, quando o mesmo tentava reeleição, Renya não conseguiu repetir o mesmo desempenho na 'revanche', tendo sido derrotada pelo próprio Silvestre nas Eleições 2020.

Em 2016, a diferença de votos que separou Renya de Silvestre foi  de 176 votos, apenas. Renya havia conquistado, naquela ocasião, 10.073 votos, contra 9.897 de Silvestre. Passados quase quatro anos, a gestora não conseguiu sequer manter seu eleitorado, vindo a sofrer uma derrota esmagadora e saindo do processo eleitoral menor do que há quatro anos.

Ao abrir das urnas nas eleições deste ano, Renya apareceu de forma acanhada com 6.655 votos. Em comparação com o resultado de 2016, de cara, a prefeita perdeu 3.418 votos. Em percentual, significa que sua votação encolheu mais de 33%. Já a votação de Silvestre, passou de 9.897 em 2016, para 11.028 votos, ou seja, ganhou 1.131 novos eleitores em comparação com o pleito anterior. 

Além disso, a diferença entre a votação de Silvestre para Rênya representa 4.373 votos, o que pode ser considerado uma 'lapada', de acordo com a expressão popular. Desaprovada na administração e escorraçada nas urnas, pelos próximos quatro anos Renya levará um título consigo: 'prefeita de um mandato só'. 

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem