Em Amaraji, Ivan Queiroz aciona Justiça Eleitoral alegando irregularidades em passeata de Rildo Reis


Ismael Alves
ismaelgravatafm@gmail.com
(81) 99139-7305


A coligação 'Amaraji Pode Mais', que tem o empresário Ivan Queiroz (MDB) como candidato ao cargo de prefeito, acionou a Justiça Eleitoral através da apresentação de notícia de irregularidade em propaganda eleitoral em desfavor do prefeito Rildo Reis (Avante) e da vice-prefeita Bernadete (PSD), ambos, candidatos à reeleição. 

O processo de n° 0600401-73-2020.6.17.0031 tramita na 031ª Zona Eleitoral de Amaraji, Zona da Mata. Nele, a Coligação de Ivan alega que os atuais prefeito e vice, descumpriram acordo assinado perante Juízo Eleitoral no qual as Coligações se comprometeram a "realizar, com exclusividade, propaganda eleitoral por meio de carreatas, motocadas e comícios em ambientes fechados."

De acordo com a coligação 'Amaraji Pode Mais', Rildo e Bernadete realizaram uma passeata no dia 17 deste mês, desrespeitando todas as normas sanitárias e a Legislação Eleitoral. Nos autos do processo há fotos de Rildo e Bernadete presentes no ato político. A dupla aparece sem máscaras em meio à aglomeração de populares que também participam do evento sem estarem usando máscaras.

A coligação de Ivan Queiroz requer que a Justiça Eleitoral determine que Rildo e Bernadete se abstenham de realizar "qualquer tipo de propaganda vendada, como passeatas e comício em locais abertos, desrespeitando o combate à covid-19; aplicação de multa no valor de R$ 15.000,00 pelo descumprimento do acordo firmado junto à Justiça Eleitoral e fixação de multa diária no valor de R$ 5.000,00 por dia de descumprimento da decisão Judicial.


Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem