Gravatá | Daniel intensifica movimentação e reafirma pré-candidatura ao cargo de prefeito


Ismael Alves
(81) 99139-7305




Desde que mudou-se para Gravatá, Agreste, o ex-prefeito de Chã Grande Daniel Alves (PSC), retomou o antigo desejo de ser prefeito da 'Suíça brasileira'. 

Tendo cogitado essa possibilidade pela primeira vez ainda  no ano de 2004, ocasião da qual terminava seu segundo mandato como prefeito de Chã Grande, só em 2018 Daniel decidiu reaquistar seu antigo projeto. 

Após ter ficado viúvo, Daniel casou-se com uma moradora do Bairro Novo. A partir daí, sua caminhada política em Gravatá começou a ser trilhada com passos firmes.

Já em 2020,  depois de ter formado um grupo composto por lideranças com a pretensão de encarar o pleito eleitoral, Daniel transferiu seu domicílio eleitoral e ingressou no PSC de André Ferreira, deputado estadual e presidente da sigla em Pernambuco. 

Seu ato de filiação ocorreu no mês de Fevereiro e revelou expressão do seu nome na política gravataense. Apesar de não esconder seu desejo de encabeçar uma composição majoritária, Daniel  faz questão de manifestar seu entusiasmo diante de uma possível unificação da oposição.

Abertamente, o ex-prefeito de Chã Grande já destacou virtudes de pré-candidatos a prefeito de outras frentes opositoras, como: Darita (PL), Padre Joselito (PSB), Gustavo da Serraria (PV), Pedro Martiniano (PROS) e outros. 

Na internet

Nos últimos meses Daniel iniciou uma série de lives que abordam assuntos públicos sobre Gravatá, contando com participações de pré-candidatos a vereadores que compõem seu grupo. Com a flexibilização da quarentena o político também retomou visitas e reuniões em comunidades urbanas e rurais. 

Contas em votação

As contas do exercício financeiro de 2015 da prefeitura de Chã Grande, sob responsabilidade de Daniel Alves, serão votadas na próxima Quarta-feira, 15, pela Câmara Municipal de Chã Grande. 

Com minoria na Casa Legislativa, o esperado é que a base de apoio ao prefeito Diogo Alexandre (Avante) vote pela rejeição das contas, seguindo parecer do TCE. Por sua vez, Daniel demonstra tranquilidade sobre o assunto. 

Recentemente, o ex-prefeito divulgou um vídeo nas redes sociais do qual fala sobre as contas de 2015 e 2016. Daniel afirma ter "andado com responsabilidade" e que não responde por "apropriação indébita, enriquecimento ilícito e desvio de recursos."

Ainda de acordo com o ex-prefeito, os problemas da sua gestão são de "ordens administrativas" e "se discute com o Tribunal, com a Câmara, com o Judiciário e se resolve", afirmou. No mesmo vídeo, Daniel reafirma sua pré-candidatura e diz estar "preparado e pronto" para encarar as eleições. 




 

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem