Chã Grande | Prefeitura tem 24 horas para informar cronograma de distribuição da merenda escolar ao MPPE



Ismael Alves
(81) 99139-7305



O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) engrossou o tom com a prefeitura de Chã Grande, Zona da Mata.

Em mais uma recomendação assinada pelo Promotor de Justiça  do município, Gustavo Dias Kershaw, desta vez, em caráter de urgência, a prefeitura deve informar ao MPPE, em 48 horas a partir da última Quarta-feira, 06, o plano de distribuição da merenda escolar entre os alunos da rede municipal de ensino. O prazo restante são 24h.

O ofício n° 403/2020 - MPPE - PJCG, direcionado ao prefeito Diogo Alexandre (Avante)  e ao secretário de educação Joel Gomes, alerta que a primeira recomendação Ministerial direcionada a prefeitura sobre a distribuição da merenda escolar foi expedida no dia 08 de Abril, prestes a completar um mês. 

No documento, o Promotor observa que, se não fosse a pandemia, levando em consideração o início do ano letivo, os alunos da rede municipal estariam sem merenda. Gustavo Dias também destaca que a merenda escolar "é a única ou principal fonte de nutrição, sobretudo, dos estudantes mais carentes". 

Caso a prefeitura não informe o planejamento de distribuição da merenda escolar dentro do prazo estabelecido pelo MPPE, o órgão Ministerial ajuizará uma Ação Civil Pública em desfavor do prefeito e do secretário de educação, além de instaurar inquérito Civil para apurar "responsabilidade por Ato de Improbidade Administrativa. 











Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem